O Papa Francisco explicou que “o esporte, e também o futebol, é um caminho de vida, de maturidade e de santidade”.

Ao receber o time italiano de futebol Sampdoria em audiência no Vaticano, no dia 19 de fevereiro, o Santo Padre fez um breve discurso improvisado no qual destacou a importância do jogo coletivo e do esporte amador.

“Eu não preparei nenhum discurso. Queria apenas dizer que estou contente e que o esporte, e também o futebol, é um caminho de vida, de maturidade e de santidade. Isso pode continuar. Mas nunca se pode continuar sozinho, sempre em equipe, sempre em equipe, isso é importante”, alertou.

Nesse sentido, o Papa destacou a importância de jogar em equipe porque "as vitórias mais bonitas são aquelas de equipe".

“Na minha terra, ao jogador de futebol que joga para si mesmo, dizemos que ele ‘come a bola’: pega a bola para si mesmo e não olha para os outro. Não. Deve ser sempre em equipe”, animou o Papa.

Além disso, o Santo Padre exortou “a não perder o caráter amador, ou seja, o esporte amador, o esporte nasce justamente da vocação para fazê-lo” porque “os outros interesses são secundários, o importante é que sempre continue sendo amador".

Fonte: ACI Digital

Deixe seu Comentário