Nos últimos dias mais dois bispos brasileiros comunicaram ter testado positivo para Covid-19: Dom Wilson Tadeu Jönck, Arcebispo de Florianópolis (SC), e Dom Gregório Paixão, Bispo de Petrópolis (RJ).

Em uma mensagem publicada no último dia 16 de novembro, Dom Wilson informou que segue em quarentena, “sem sintomas, apenas esperando a libertação deste cativeiro”.

Segundo ele, “tudo começou” no dia 10 de novembro. “No final da tarde apareceu uma indisposição, moleza no corpo e um pouco de febre. Comecei aí a quarentena. No dia seguinte, os sintomas tinham praticamente desaparecido. Procurei um médico que me receitou vários remédios”.

Dom Wilson contou que fez dois exames e ambos deram positivo para o coronavírus. “No dia a dia os sintomas não têm aparecido. Sinto-me bem, mas no confinamento”, completou.

Já o Bispo de Petrópolis, Dom Gregório Paixão, informou na quarta-feira, 18 de novembro, que realizou “exames de rotina” e descobriu que está com Covid-19, mas assintomático.

“Eu já havia feito mais de 8 exames, que sempre deram negativos. A contaminação deve ter se dado há poucos dias e o médico já me receitou os medicamentos necessários, além de um recolhimento de 14 dias obrigatórios”, contou.

Segundo o Prelado, por meio de seu comunicado busca “evitar alardes” e para que todos saibam que ele está bem.

Além disso, aconselhou a “que se limitem às informações que lhes serão fornecidas pela Diocese de Petrópolis, evitando os exageros das fake news”.

 “Suplico as bênçãos de Deus sobre todos vocês e peço que rezem por mim”, concluiu.

Fonte: ACI Digital

Deixe seu Comentário