O Papa Francisco enviou uma mensagem ao Círio de Nazaré, que este ano não poderá contar com sua tradicional procissão por causa da pandemia de Covid-19; diante desse novo contexto, convidou os fiéis a erguer o “olhar para Maria”.

Na mensagem, o Pontífice manifesta “uma calorosa saudação a todos os devotos de Nossa Senhora que, neste ano marcado por numerosos desafios e tribulações, recorrem a Santa Mãe de Deus refugiando-se sob a sua materna proteção”.

A carta é assinada pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin. Nela, afirma que, “no meio desta pandemia que causa tanta aflição e transtorno, impedindo inclusive que se realize a tradicional procissão do Círio, o Santo Padre convida a levantar o ‘olhar para Maria, a Mãe que Cristo nos deixou’”.

O Santo Padre exorta a pedir à Virgem Maria “que interceda junto ao seu divino Filho a fim de que esta dura prova termine e todas as famílias mergulhadas no sofrimento possam encontrar o consolo e a paz”.

“Além disso, seguindo o exemplo da Virgem de Nazaré, que nunca esmoreceu perante as dificuldades, todos batizados não deixem diminuir o ardor missionário”, pede o Papa Francisco.

Por fim, o Santo Padre “concede a Bênção Apostólica, pedindo também que, por favor, não deixem de rezar por ele”.

O Círio de Nazaré é uma das maiores manifestações católicas do mundo. Tradicionalmente, suas romarias costumam reunir milhões de devotos de Nossa Senhora de Nazaré pelas ruas de Belém, sendo que a grande procissão que acontece no segundo domingo de outubro conta com um público de cerca de 2 milhões de fiéis.

Este ano, porém, devido à pandemia de Covid-19, o Círio não contará com suas grandes procissões e terá uma programação adaptada e transmitida pelos meios de comunicação: TV Nazaré, Rádio Nazaré, Facebook da Fundação Nazaré e da Arquidiocese de Belém, bem como TV Círio.

Fonte: ACI Digital

Deixe seu Comentário